William Mendonça
POESIA, PROSA, MÚSICA E TEATRO
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
HAICAIS SOBRE O TEMPO E O ESPAÇO

I
Deixarei Bashô
abrir-me outra vereda
- haicai do infinito.

II
O verso que tenho,
vento impossibilitado,
é auto-retrato.

III
Pintura convexa
que a tudo distorce, o tempo
me fez impossível.

IV
Vou tecer paisagens,
pássaros feitos de sonhos,
linhas de horizontes ...

V
Pangeia indistinta,
parto ancestral de demônios,
a Terra se move.

VI
Preso, abandonado,
corpo esquecido na cela,
grito na garganta.

VII
Confia no vento
- vago coração dos sonhos –
pra saber teu rumo.


(Direitos reservados.)
William Mendonça
Enviado por William Mendonça em 15/10/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Efuturo: Selo Escritor