William Mendonça
POESIA, PROSA, MÚSICA E TEATRO
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
DE QUEM PERDI

Não encontrei
Mais o rastro desse vento
Que passou bem no momento
Que meu dia anoiteceu.
Ficou perdido
Para sempre aquele instante,
E foi longe o vento errante
Levando o sorriso teu.

Cruzando o rio
Como um barco sem destino
Vi meu sonho em desatino,
Só querendo te encontrar.
Mas lá no vento
Ia um pedaço da vida
Duma história esquecida
Que eu já nem sei contar.

Onde andarão
Teus olhos na noite afora?
E o que faço eu agora
Que a tua luz perdi?
Por que esse rio
Não me leva assim, contigo,
Ou me traz teu rosto amigo
Mais uma vez por aqui?

Eu sei que o rio,
Como vento e como a morte,
Não repete, à mesma sorte,
O caminho que trilhou,
Mas nessa noite,
De canções enluaradas,
Só queria a ti, e mais nada
Do que a vida me levou ...
William Mendonça
Enviado por William Mendonça em 04/06/2011
Comentários
Efuturo: Selo Escritor